Rss
0

Notícia Arriégua da Semana: Pr. Silas Malafaia fala sobre Festival Promessas: “Nosso interesse é o Reino”


Por Tiago Chagas, para o Gospel+


O pastor Silas Malafaia foi convidado pela organização do Troféu Promessas para ministrar uma palavra durante a cerimônia de entrega das premiações, que contou ainda com apresentações de música gospel.
Durante o evento, Malafaia afirmou que a aproximação da TV Globo com as igrejas se dá porque a emissora sabe que em breve a população brasileira será formada majoritariamente por evangélicos.
Malafaia se manifestou favorável à organização de um evento gospel por uma empresa secular, e afirmou, em entrevista ao Guia-me, que embora os interesses sejam diferentes, o resultado é a divulgação do Evangelho: “Não interessa se eles têm interesse comercial, nosso interesse é Reino. E outra, se os cantores se vendessem pra Globo, todo mundo seria da Som Livre, ninguém seria da Central, da MK, da Sony…”, afirmou.
Para o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, é importante aproveitar a oportunidade de estabelecer parceria com as Organizações Globo: “O apóstolo Paulo falou que importa é que o evangelho seja pregado. Pode ser por contenda, por porfia, até por escândalo, não importa. Chegaram para Jesus e disseram: ‘olha, tem uns caras aí pregando de uma forma diferente’. E Ele disse: ‘quem não é contra nós, é por nós’”, argumentou o pastor.
A medida de comparação do pastor Malafaia é o crédito que atualmente é dado aos evangélicos: “Um dia desses a produção do Fantástico me ligou pra saber se era seita ou se era igreja evangélica [...] Hoje, antes de falarem mal de pastor me ligam. Será que isso é ruim?”, questionou, fazendo menção ao caso da seita de “Israelitas”, acusada de ligação com o narcotráfico e de cultivo de e refino de cocaína na fronteira do Brasil com o Peru.
Acostumado a criticar quem diverge de suas opiniões, o pastor voltou a atacar formadores de opinião que pensam diferente dele: “Um bando de gente tem inveja do sucesso dos outros. Com o advento da internet, ‘famosos anônimos recalcados’ querem atirar pedras em quem Deus tem abençoado”, disse, antes de ressaltar mais uma vez que apesar de ser alvo de diversas críticas no meio evangélico, a Globo é um poderoso meio de comunicação: “Não importa se é o SBT, a Globo ou a Record. É pra divulgar o evangelho? Então vamos”.
Também presente no evento, o pastor Juanribe Pagliarin afirmou, segundo o site Creio, que “a paixão dos evangélicos é estar na Globo. Parabéns à Globo e aos realizadores [do Troféu Promessas] por esta aproximação”.
***

Nota: Confesso que no começo da minha caminhada cristã, o Pastor Silas Malafaia era um dos meus referenciais. Mas o que vejo de um tempo pra cá, é que o mesmo vem tendo objetivos diferentes.Já fiquei triste em relação ao Pastor Silas, e já fiquei com lágrimas nos olhos ao ver a mudança e o caminho que o mesmo está percorrendo.
Nosso interesse é o reino? Sinceramente, não vejo tal evento com este interesse. O que vejo, são artistas que querem se promover. O que vejo é um mercantilismo do Evangelho. O que vejo é hinos (hinos?) antropocêntricos, voltados para o que as pessoas querem ouvir.  O que vejo é multidões que presenciam por causa de fulano e beltrano.
Nem preciso falar do exibicionismo. Quem dera que tal festival tivesse o alvo o Reino de Deus. Peço a você que reflita comigo um pouco sobre as seguintes indagações do Pastor Ciro Sanches Zibordi: 
Aquela multidão de evangélicos que compareceu ao festival em apreço estava ali por amor à Palavra de Deus e ao Deus da Palavra? 
Permaneceriam aqueles jovens no mesmo lugar, atentos, caso ouvissem um “duro discurso”? Penso que não. Afinal, nos shows gospel, “dá vontade de pular, dá vontade de dançar, dá vontade de gritar, dá vontade de correr”. Só não dá vontade de ouvir a Palavra de Deus.
Só pra concluir, ressalto que a afirmação de Malafaia foi infeliz, e chamar quem discorda de suas opiniões de invejosos, anônimos recalcados e atiradores de pedras foi no mínimo arrogante. Não sabia que tínhamos que concordar com todas as afirmações e práticas de um líder que se acha autossuficiente para não receber críticas.
Deixo alguns versículos abaixo para serem refletidos e analisados:
Ainda que o SENHOR é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe. (Salmos 138:6)
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2)
Por um Evangelho Puro e Simples,
Kelvis C. de Oliveira





0 comentários:

Postar um comentário