Rss
0

Termine a Corrida!



Por Marcos André

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. (Hebreus 12:1-2)

Há diferentes formas de recebermos uma mensagem de Deus. Ele pode falar diretamente conosco, através de sua palavra, sonhos ou visões. Como também pode ser através de fatos ou simples ilustrações do dia-a-dia. O abraço de um amigo, um adesivo no ônibus, um filme ou um versículo voando no meio da rua. Se todos comentassem, acredito que muitos confirmariam.
A questão é: Nós temos sido sensíveis para escutar a voz de Deus ?

Acredito que não poderia haver imagem mais apropriada para refletir a mensagem deste versículo. Nos tempos de Paulo, as olimpíadas eram o evento mais importante da vida dos atletas. Eles dedicavam investimento, disciplina e esforços durante toda uma vida, para este momento. Uma grande multidão assistia e torcia pelos resultados dos jogos. Eles acreditavam que os deuses observavam estes acontecimentos. Desta forma, a vitória simbolizava a GLÓRIA, a eternização de seu nome por toda a história.

Para muitos brasileiros, acredito que este episódio ficou marcado em nossas memórias. Milhões de pessoas das mais diversas nacionalidades acompanhavam de perto o desempenho dos atletas. Eles não carregavam somente uma marca ou um patrocinador . Representavam nações inteiras que torciam pelo seu sucesso. Assim como muitos torciam por este maratonista brasileiro. Entretanto, acontece o que ninguém esperava: quando tudo indicava que o maratonista canarinho líder da prova iria vencer, um homem sai do meio da multidão e o segura, impedindo-o de correr. O resultado : termina ficando na terceira colocação.

Houve um pouco de frustração e revolta para vários que acompanhavam a transmissão durante e depois do evento. O irlandês passou longe de ser o mais amado pelos brasileiros. Entretanto, prefiro gravar a imagem da foto abaixo. Mesmo depois do incidente, Vanderlei Cordeiro prosseguiu a corrida e terminou a prova, sendo aplaudido de pé por todo o estádio ao entrar na linha de chegada , tornando-se um exemplo de perseverança :


Para melhor entendimento, você deve saber que a maratona possui uma característica especial que a diferencia das outras corridas de velocidade. Na maior parte delas os atletas precisam ter força física, músculos ágeis e bastante velocidade para arrancar na frente e ir mais rápido que seus adversários. Na maratona, isso pouco conta. O que realmente importante é a resistência dos atletas, o quanto eles são capazes de aguentar a sede, as adversidades climáticas e o cansaço até chegar em seus objetivos. O quanto eles podem suportar tudo isso até o Fim.

Paulo compara a vida cristã a uma maratona. Assim como o corredor, muitos de nós tivemos um caminho cheio de dificuldades e renúncias para que pudéssemos chegar aonde chegamos.Todos nos empenhamos para chegar ao nosso objetivo. Alguns mais calmos, outros mais ansiosos para chegar lá. Em meio a tudo isso, existem uma série de pessoas te acompanhando durante este trajeto. Umas torcendo e investindo no seu sucesso, outras buscando te impedir e atrapalhar de todas as formas. E algumas simplesmente observando o que está acontecendo.

Muitas vezes, a corrida parece difícil, nossas energias parecem ir acabando, nossa ansiedade aumentando e parece que nunca vamos chegar em nosso destino. Nesse momento não desanime. Conforme diz a palavra, prossiga com paciência a corrida, pois Deus sabe o momento de tudo e te dará forças para chegar lá(Filipenses 1:6). Em outros, acontecem coisas que não entendemos os motivos, são situações que parecem que não vamos conseguir superar, dá vontade de chorar e perguntar a Deus o motivo de tudo isso.Tenha certeza, Deus estará ao seu lado(Salmos 73:23) e também te trará o escape, por mais difícil que pareça a situação.

Ao fim da corrida, ao ser perguntado o motivo de tanta alegria, nosso atleta responde :

É um momento festivo. Um momento único. A maior parte dos atletas jamais chegam a este momento.”

Não importam os que chegam antes ou depois. Lembre-se do grande privilégio que Deus te concedeu. Não jogue a toalha antes da hora. O mais importante é chegar lá.

Jesus cristo não desistiu no meio do caminho e também está de braços te aguardando na linha de chegada !O prêmio da salvação te espera!A vitória foi garantida na CRUZ!

TERMINE A CORRIDA!


0 comentários:

Postar um comentário